Link1 Link2 Link3 Link4 Link5 Image Map

Um pouquinho de história não faz mal... [Ilha de Santa Catarina]

Vem comigo conhecer um pouquinho do história de Florianópolis.


A Ilha de Santa Catarina, vulgo Florianópolis, teve como primeiros habitantes os homens do Sambaqui, que deixaram suas marcas na ponta do Sambaqui, próximo a Santo Antônio de Lisboa, e os tupis-guaranis.


Apenas em 1673 os portugueses iniciaram a colonização da Ilha, com a chegada de Dias Velho, contudo desde 1514 já haviam alguns poucos portugueses na Ilha. Dias Velho fundou a Catedral Metropolitana. Na época a Ilha chamava-se Ilha dos Patos, pois aqui se encontravam em abundância.
De 1739 a 1745, o então primeiro governador da Capitania de Santa Catarina projetou e construiu o triângulo defensivo da Baia Norte da Ilha contra a invasão espanhola, constituído pelas Fortalezas de São José da Ponta Grossa, Santo Antônio de Ratones e Santa Cruz de Anhatomirim. Os inimigos não sabiam, mas se passassem bem no centro do sistema de defesa as balas de canhão não atingiriam os navios, pois o alcance dos mesmos eram inferior a distância pretendida pelos portugueses.
Mesmo sem esta informação e com o sistema em funcionamento, em 1777 a Ilha foi invadida pelos espanhóis, que deram a volta na Ilha e caminharam até a fortaleza de São José da Ponta Grossa.
Em 1823 Florianópolis se tornou Capital do estado, recebendo maiores investimentos federais. Contudo apenas passou a se chamar assim em 1894, com o fim da Revolução Federalista, em homenagem ao presidente da época Floriano Peixoto. Ainda há os que afirmam que esta homenagem não foi merecida por diversos motivos e lutam para que retorne ao antigo nome, Nossa Senhora do Desterro.

Em 1926 foi inaugurada a Ponte Hercílio Luz que foi um marco no desenvolvimento da Ilha, possibilitando o transporte de carros e equipamentos que não podiam ser levados ao continente ou à Ilha de barco. É uma das maiores pontes pênseis do mundo e com suas estrutura havia apenas mais duas no mundo. A ponte foi projetada e iniciada durante o governo de Hercílio Luz, infelizmente não viu seu sonho ser concluído, pois morreu em 1924.



A Ilha de Santa Catarina possui duas Lagoas, a da Conceição, de água salobra e a do Peri de água doce.
Os moradores antigos contam a lenda de que “Bruxa Conceição encontrou o Índio Peri por acaso em meio à mata e se apaixonaram, começaram a se encontrar escondidos, pois nem as demais bruxas nem a tribo de Peri permitiriam um Índio e uma Bruxa juntos. Infelizmente uma bruxa os viu juntos e contou as outras que, como punição, transformaram Peri em uma lagoa. Conceição ficou muito triste e não parava de chorar, então suas lágrimas formaram a Lagoa da Conceição, por isso ela é salobra”.
A Ilha conta também com mais de 100 praias, dois parques Municipais: da Lagoa do Peri e da Lagoinha do Leste; um parque Florestal: do Rio Vermelho; um parque Estadual: da Serra do Tabuleiro; uma estação Ecológica: de Carijós e uma Reserva Extrativista Marinha: do Pirajubaé. E ainda, a Ilha é cercada por outras belas ilhas menores.

Os principais pratos são baseados em frutos do mar como peixe, camarão, ostra acompanhados do pirão. Dica: peça a Sequência de Camarão ao ir à um restaurante.

Na Ilha também encontramos diversas opções de barezinhos, baladas, shows, trilhas, cavernas, esportes náuticos, aéreos e terrestres.








Venha Conferir!



2

2 comentários:

Anônimo disse...

Achei interessante.Estou fazendo um trabalho sobre floripa e me ajudo muito.

MP7 Eventos Corporativos e Sociais disse...

Apaixonado pela ilha

Postar um comentário